Copa do Mundo: Equador pode ficar de fora

set 13, 2022 | Copa do Mundo FIFA de 2022, Futebol

A seleção do Equador corre o risco de ser desclassificada da Copa do Mundo devido a novas evidências no caso de Byron Castillo. O atleta encara investigações sobre suposta falsificação de certidão de nascimento e, após áudio obtido pelo DailyMail, o episódio pode tomar novo rumo.

Na última decisão da Fifa, em junho, o time equatoriano seguia como presença certa no mundial, contrariando a acusação movida pela Federação Chilena de Futebol em abril. No entanto, as novas evidências foram divulgadas dias antes da decisão do inquérito realizado pelo órgão máximo do futebol, encabeçado pela sua Comissão de Apelações.

A discussão é o país natal de Byron Castillo. O lateral direito, que atuou oito vezes nas Eliminatórias Sul-Americanas, é acusado pelos chilenos de mentir sobre sua nacionalidade, tendo, segundo a acusação, nascido na Colômbia. O caso teria sido anteriormente analisado e encoberto pela Federação Equatoriana de Futebol (FEF).

O advogado que representa a federação chilena no caso, Eduardo Carlezzo, admitiu que o áudio já era conhecido, mas não o conteúdo revelado.

No áudio divulgado pelo DailyMail, há cinco pontos que seriam incongruentes aos documentos apresentados por Byron:

1: o lateral teria revelado ter deixado a cidade colombiana de Tumaco e se mudado para o Equador, em busca de uma carreira e dar condições melhores à sua família;
2: Castillo supostamente se refere a Marco Zambrano, agente que tomou conta da transição e organizou os documentos da nova identidade do atleta;
3: o jogador teria afirmado ter nascido em 1995, diferente do que é apontado em sua certidão de nascimento equatoriana (1998);
4: no áudio, o atleta afirmaria que seu nome completo é Bayron Javier Castillo Segura, o mesmo presente em sua certidão colombiana, ao invés de Byron David Castillo Segura, nome apresentado em sua certidão equatoriana.
5: Castillo apontaria, ainda, ter somente uma irmã, diferente do que disse anteriormente, quando alegou que o nome Bayron em sua certidão colombiana pertencia a um irmão chamado Bayron.

Caso a Fifa defina que há, de fato, a irregularidade acusada pela Federação Chilena de Futebol, os equatorianos perderiam sua vaga na Copa do Mundo devido aos pontos perdidos nas Eliminatórias Sul-Americanas. Assim, os chilenos entrariam no Mundial.

Ler mais em gazetaesportiva.com

Para mais notícias clique aqui

Faça suas apostas com um dos nosso bookies

Trending

3 Apostas especiais mais engraçadas

3 Apostas especiais mais engraçadas

Os apostadores de futebol sempre foram loucos e criativos. Casas de apostas aproveitaram isso ao máximo. Quando a opção “Solicitar uma aposta” foi introduzida