Djokovic celebra visto para o Australian Open: “Presente de ano novo”

nov 17, 2022 | Tenis

Depois de perder o Grand Slam de Melbourne deste ano por causa de polêmica em relação à Covid, Djokovic tem revogada proibição de entrada na Austrália.

Novak Djokovic celebrou a notícia de que vai receber o visto para jogar o Grand Slam de Melbourne em 2023. Nesta quinta-feira, o tenista sérvio disse que sua confirmação no torneio da Austrália foi como um presente.

– Recebi a notícia quarta de manhã e fiquei muito, muito feliz em saber disso. Foi um ano difícil com tudo o que aconteceu na Austrália, para mim e para as pessoas que estão perto da minha vida. Isso veio como um grande presente de ano novo, eu acho, e estou ansioso para ir para a Austrália e espero ter outro Australian Open de sucesso, que tem sido historicamente o meu Grand Slam de maior sucesso. Tenho algumas das minhas melhores lembranças daquela quadra. Espero que eu possa ter memórias mais positivas lá

disse em entrevista à “Eurosport” o atual número 8 do mundo, que está disputando o ATP Finals.

Djokovic foi deportado da Austrália antes do Grand Slam em janeiro deste ano, depois de se recusar a ser vacinado, e foi originalmente impedido de entrar no país até 2025. A imprensa australiana confirmou na terça-feira que o ministro da Imigração, Andrew Giles, revogou essa proibição, permitindo que Djokovic competisse, enquanto um porta-voz do Ministério da Imigração da Austrália se recusou a comentar os relatórios.

Em julho, a Austrália descartou uma regra que exigia que viajantes internacionais declarassem seu status de vacinação contra a COVID, e Djokovic disse em outubro que havia recebido “sinais positivos” sobre o status dos esforços para derrubar sua proibição.

Ler mais no site da Globo

Para mais notícias clique aqui

Faça suas apostas com um dos nosso bookies

Trending